Quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

 

O Popular - Economia

 

Novas regras preocupam pequenos empresários
Micro e pequenas empresas sentem mais a mudança na cobrança da tributação em vendas entre Estados e têm dificuldade dese adequar
Mais complexas, as novas regras para a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) interestadual preocupam as empresas que ainda se adaptam para realizar o recolhimento do diferencial de alíquota, principalmente as menores. A nova fórmula, que passou a valer em janeiro, foi proposta para regular a tributação e fazer a partilha da diferença de imposto entre Estados de destino e origem de produtos e serviços, porém têm dificultado o comércio.


http://www.opopular.com.br/editorias/economia/novas-regras-preocupam-pequenos-empres%C3%A1rios-1.1035174

 

O Popular - Economia

 

Entidades entram com ação para suspender decisão do Confaz
Por conta dos desafios que pequenas e médias empresas têm enfrentado, diversas entidades, como o Sebrae e a Confederação Nacional do Comércio, ingressaram em janeiro com ação direta de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo suspensão da decisão do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), pois as novas exigências para o recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) interestadual teriam ignorado lei que estabelece que micro e pequenas empresas têm direito à cobrança de tributação unificada.

 

http://www.opopular.com.br/editorias/economia/entidades-entram-com-a%C3%A7%C3%A3o-para-suspender-decis%C3%A3o-do-confaz-1.1035179

 

O Popular - Economia

 

Mudança já trouxe R$ 5,7 milhões para Goiás
De acordo com a Secretaria da Fazenda de Goiás (Sefaz), a mudança na cobrança de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) já gerou retorno para o Tesouro estadual, em termos de arrecadação de ICMS (diferencial de alíquotas), de R$ 5,7 milhões. Até sexta-feira, 240 estabelecimentos solicitaram inscrição no Cadastro de Contribuintes do Estado de Goiás após a nova regra entrar em vigor.

 

http://www.opopular.com.br/editorias/economia/mudan%C3%A7a-j%C3%A1-trouxe-r-5-7-milh%C3%B5es-para-goi%C3%A1s-1.1035181

 

O Popular - Economia

Não deixe a declaração para a última hora
Profissionais liberais terão que apresentar CPF de clientes ou pacientes a quem prestaram serviços
Dia 1º de março é o ponto de partida para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2016. De acordo com o ajuste da tabela é obrigado a declarar quem recebeu no ano calendário 2015 rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.123,91 ou isentos não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte com soma superior a R$ 40 mil. A entrega da declaração em atraso ou a não entrega gera multa de R$ 165,74 a 20% do imposto devido sobre a renda.

 

http://www.opopular.com.br/editorias/economia/n%C3%A3o-deixe-a-declara%C3%A7%C3%A3o-para-a-%C3%BAltima-hora-1.1035213