Assim podemos descrever de forma resumida o ambiente com que foi conduzida a reunião com a Junta Comercial do Estado de Goiás (JUCEG), promovida pelo Conselho Regional de Contabilidade de Goiás (CRCGO), Sescon-GO e Sindicontábil, na tarde da última sexta-feira, dia 02 de junho. Na oportunidade estiveram presentes os vice-presidentes do CRCGO, Rangel Francisco Pinto e Weberth Fernandes, o conselheiro efetivo, diretor operacional de Ética, Disciplina e Fiscalização do CRCGO e vogal da JUCEG, representando a classe contábil goiana, Wagner Felipe Filho, além do presidente do Sindicontábil, Leonardo Lobo e seus diretores Silas e Fabiano Mendes. Como sempre, de forma amistosa e parceira das causas contábeis, as entidades foram recepcionadas pelos diretores Técnico e de Atendimento da JUCEG, Alexandre Caixeta e Leonardo Santiago.  

O assunto pautado pelas entidades, como objeto principal, foram as constantes reclamações feitas pela sociedade empresarial e pela classe contábil goiana em função dos recorrentes problemas na operacionalização do novo Sistema de Registro Mercantil SIGFÁCIL – Portal Do Empreendedor Goiano. As principais ocorrências que estão afetando diretamente o trabalho do contabilista goiano e que foram relatados aos diretores da JUCEG foram:

  • Demora para liberação do cadastro em função da atualização do Sistema, que demora até 04 dias para a sua total liberação;
  • Problemas de sincronização de informações da JUCEG com a RFB (Incompatibilidade entre a FCN e a DBE);


A JUCEG admite problemas de ordem operacional, principalmente dos órgãos parceiros em função de sincronismo e dinâmica na troca de dados e informações, e relata que garantirá o seguinte cronograma:

  • Para os próximos 15 dias, a partir do dia 05/06/2017, todos os processos serão analisados e homologados em um prazo máximo de 01 (UM) dia;
  • Até a primeira semana do mês 07/2017 os processos serão analisados e homologados em um prazo máximo de 06 (SEIS) horas;

No último sábado, dia 03 de junho, a JUCEG relatou a realização de um mutirão para análise e homologação de processos que ainda se encontram na fila do novo Sistema, visando atender na íntegra os processos homologados, principalmente pelos colegas contabilistas.

Na oportunidade da reunião, também foi realizado um balanço dos cursos que vem sendo realizados em parceria com o CRCGO, na finalidade de esclarecer dúvidas acerca da funcionalidade do novo Sistema na capital, região metropolitana e também no interior do Estado, sendo esses cursos ministrados pelo colaborador da JUCEG, o contador José Oscar Estevão Alves. As entidades descrevem como positiva a ação da promoção dos cursos e acredita que os contabilistas goianos estão cada vez mais aptos a entender e a operacionalizar o novo Sistema. A perspectiva é da realização de mais de 30 cursos, em especial no interior de Goiás, em um prazo de 45 dias.

Outra iniciativa da JUCEG, em parceria com o CRCGO, será a publicação do vídeo do curso realizado em Goiânia no último dia 23 de maio, na sede do Conselho. A ideia central é preparar um vídeo tutorial com a edição dos principais pontos e assuntos, com o objetivo de conceder o esclarecimento aos usuários do novo Sistema. O vídeo será publicado nas redes sociais e nas páginas oficiais da JUCEG e das entidades contábeis parceiras. Ressalta-se que essa iniciativa será executada de forma conjunta com a realização dos cursos itinerantes até o final do mês de junho de 2017.

Além disso, foi firmado um compromisso entre as entidades de Contabilidade presentes na reunião com a JUCEG, para que seja proposta de forma definitiva uma agenda com a prefeitura de Goiânia, com vistas à sua adesão ao Portal do Empreendedor Goiano. As demandas junto a prefeitura da capital concernentes às operações mercantis são as que mais causam transtornos aos usuários da JUCEG, devido a total falta de sincronismo das informações cadastrais das empresas.            

           
Conselho Regional de Contabilidade de Goiás